terça-feira, 12 de maio de 2009

Homo Sapiens



Surgi há milhares de anos
e desde então venho evoluindo, segundo dizem .
Ou involuindo?
Dizimo as espécies que se me opõem
tornando-me o animal dominante do planeta.
Apesar dos conflitos que eu próprio venho gerando
continuo a dominar
e com a extinção que progressivamente vou fazendo ,
temido predador,
faço entrar o planeta
em rota de colisão com a vida...
Irreversível?
Não!Urge acção imediata da minha parte,
uma verdadeira regeneração de mim mesmo,
que me digo rei dos animais.
A injustiça, a ingratidão, a falta de solidariedade,
o egoísmo, a incoerência revelam a minha falta de inteligência
e enfraquecer-me-ão.
Um dia poderei passar de predador a presa
se não souber construir uma sociedade coesa
onde reinem a mente e o coração.
Sou, realmente, um ser estranho
para a Mãe-Natureza!



A minha querida amiga Papoila do blog http://a-papoila.blogspot.com/ ofereceu-me este selo. Obrigada amiga!
Deveria repassá-lo a 7 blogs que deveriam falar do Homo Sapiens e do seu significado mas não farei nomeações. Não deixarei, no entanto, de dizer que gostaria de ver este desafio retomado por alguns amigos que por aqui passam.

Bem-hajam!

BEIJOS!!!

23 comentários:

Isa disse...

Já senti a falta do que escreves.
Procurei e nada!
Hoje passo rápido pq.a vista esquerda arde.Ponho soro fisiológico e descanso.
Levo o selo.
A minha/nossa Maria ficou muito admirada por ver uma pessoa maluca avançar e dizer:turrinha...Ñ teve medo.Penso q. achou graça...
A tua/nossa,como está?
Beijo.
isa.

elvira carvalho disse...

Gostei do texto, no qual todos deviamos meditar.
Parabéns pelo prémio. E espero que esteja bem.
Um abraço

Pico minha ilha disse...

Também tenho para fazer mas não agora, não tenho tempo.Beijinhos com carinho

elvira carvalho disse...

Passei para reler o texto já que ontem estava cansada. Vai seguir mail amiga.
A princesinha já está melhor?
Um abraço e tudo de bom para si.

Papoila disse...

Minha Querida!
Parabéns pelo modo como deste continuidade ao desafio.
Gostei muito muito muito do teu poema.
PARABÉNS!
beijos

pinguim disse...

Muito bom o texto, ou será poema(?)
que acompanha este prémio bem merecido por ti e que é também no seu "design", muito bonito.
Só não o tomo para mim, e embora compreenda perfeitamente a razão das tuas não designações, porque entendo que estes prémios são sempre muito pessoais.
Beijinho agradecido.

SILÊNCIO CULPADO disse...

Cata-Vento

O desafio de dar continuidade ao tema Homo Sapiens vai partir duma fasquia muito alta porque este texto está excelente.
Efectivamente este homem, dito evoluído, tem sido inimigo de si próprio ao semear o individualismo, o egocentrismo, a ambição desmesurada e a insatisfação permanente. Corrompe e corrompe-se e de tanto querer açambarcar o mundo, e os seus bens materiais, acaba quase sempre sozinho e abandonado se o dinheiro lhe faltar.

Abraço

P:S. Espero que a tua princesinha esteja bem pois pareceu-me, pelo que li, que estaria doente.

gaivota disse...

homo sapiens, (e)(in)voluído...
por dentro ou por fora...
bom texto, como de costume!
o meu "tempo" está em crise e mudei de lentes, agora são progressivas, é esquisito, algum ardor e esforço a mais´, tenho que me "poupar" um pouco!
e a tua princesinha? coisas de crianças, viroses... será?
tudo de bom para ela, para ti e família
beijinhosssssssss milesssssss

ADiniz disse...

Bom Dia Isamar!

Merecidissimo este selo, gosto da forma com vc abordas os assuntos aqui que tenho acompanhado. Sinto em tuas palavras as veias pulsando, por isso sim é merecido o selo.
Bem mas nós, Homo Sapiens,
talvez nossa humildade estava dentro daquele cajado que carregávamos, quando ainda sentíamos mais a nossa pele enquanto caminhávamos descalços sobre a terra que deixava cicatrizes em nossos pés.
Hoje até óculos escuros usamos para não ferir nossa visão, com a luz,
do sol.

Abraços com um sincero sorriso de parabéns!

MPS disse...

Minha cara

O mesmo Homo Sapiens criou abrigos e chamou-lhes lar, fez-se artesão e inventou o abafo, lançou a semente ao chão para ser como Deus, ergueu pináculos para chegar aos céus, inventou a música para não ter medo do silêncio e a escrita para se não esquecer.

Todos os seres somos, à uma, bons e maus.

Um abraço e perdoe-me a contradição

Ana disse...

Uma reflexão necessária sobre um tema inesgotável.

Saúdo o teu poema e, em especial, o teu regresso. Fazes falta, Isamar.
Um beijo com amizade.

lilás disse...

E aqui está um bom texto que nos faz refletir,pensar, e isso é preciso...
Bom fim de semana
Bjs

angelis disse...

Homo Sapiens...que evolui ou involui...com a certeza que nem sempre a sua evolução trouxe beneficios, trouxe paz e respeito por tudo e todos. Uma reflexão interessante que nos deixa imensa matéria para análise.
Beijinhos e bom fim de semana.

o escriba disse...

Isamar

Fico feliz por estares de volta!
Excelente texto!

bjinhos
Esperança

UMA PAGINA PARA DOIS disse...

Pensamos demasiadamente
Sentimos muito pouco
Necessitamos mais de humildade
Que de máquinas.
Mais de bondade e ternura
Que de inteligência.
Sem isso,
A vida se tornará violenta e
Tudo se perderá.

(Charles Chaplin)

Hoje passando para desejar um final de semana com muito amor e carinho.
Abraços do amigo Eduardo Poisl.

Brancamar disse...

Muito pertinente este texto! Bem vistas as coisas evoluímos muito pouco, nem sempre sabemos utilizar a inteligência ao serviço do bem. Apesar de tudo tenho esperança.
Beijinhos para ti e para a Maria

jo ra tone disse...

Isamar,
Os dois tipo de homem parece que nunca se entenderam.
Beijinho
Bom Domingo

Filoxera disse...

Olá, amiga.
Estou de volta. Deixo-te um beijo e desejo que tenhas uma boa semana.

Graça Pires disse...

Um texto cheio de verdade. Para meditar. Um beijo.

helia disse...

Realmente o "Homem é um ser estranho para a Mãe Natureza..."
Lindo texto!

aflores disse...

A "evolução" ás vezes, deixa muito a desejar. Ninguém é perfeito...dizem.
Um texto para reler...parar e pensar.

Tudo de bom.

O Guardião disse...

Nem sempre a modernidade que se apregoa por aí é evolução, e em muitos aspectos estamos a regredir, a voltar aos tempos da Lei da Selva, do predaor e da presa.
Cumps

gaivota disse...

minha querida isabel... deixei-te um convite/desafio lá em casa...
fico à espera que sigas "viagem"!
beijinhos