domingo, 29 de março de 2009

Sete sapatos sujos

Amigos, tomei a liberdade de transcrever do blogue http://horizontes-helia.blogspot.com/
este extracto de uma obra de Mia Couto, autor de que gosto muito e que merece a nossa leitura atenta e uma relexão.
Obrigada, Helia!



Não podemos entrar na Modernidade com o actual fardo do Preconceito. À porta da Modernidade precisamos de nos descalçar.Eu contei "Sete sapatos sujos",que necessitamos deixar na soleira da porta dos tempos novos. Haverá muitos mais, mas eu tinha que escolher e sete pareceu-me um bom número:
1º Sapato sujo
A ideia de que os Culpados são sempre os Outros.

2º Sapato sujo
A ideia de que o Sucesso não nasce do Trabalho.

3º Sapato sujo
O Preconceito de que quem critica é um Inimigo.

4ºSapato sujo
A ideia de que mudar as Palavras muda a Realidade.

5º Sapato sujo
A vergonha de ser Pobre e o culto das Aparências.

6º Sapato sujo
A Passividade perante as Injustiças.

7º Sapato sujo
A ideia de que para sermos Modernos ,temos que imitar os Outros.

( Texto de Mia Couto , escritor moçambicano , publicado no "Courrier Internacional" de 2 de Abril )

23 comentários:

gaivota disse...

bom dia minha querida!
gosto imenso do mia couto, tenho os livros todos dele e acho uma delícia a forma como escreve!
estes sapatos sujos, tantossssssss,
mas sete de facto já chegam...
o dis está lindo, o mar está um apetite, o sol aquece este areal!
este povo mágico, da minha nazaré!
beijinhos millllllllllllllllllll

Isa disse...

Vim ler-te,porque gosto.
Mia Couto é dos que admiro.Nós teríamos sido irmãs,lá para o séc.
XIX?
Às vezes penso q. sim.
Vou almoçar com a minha gente e ver a Maria,antes que ela case!!
Beijo à tua Maria.
Beijo,Amiga,para ti.
isa.

Jorge P.G disse...

Dito por Mia Couto até parece mais acertado do que já é!

um abraço.

Efigênia Coutinho disse...

Isamar, aqui cheguei, e encantada fiquei, que recanto mágico, onde vou lendo uma boa cultura postada, serei sim, uma seguidora deste espaço, com admiração,
Efigênia Coutinho

Avelaneira Florida disse...

Isamar,

convido-te a dar então um saltinho a http://lugaronde.blogspot.com acho que vais gostar!!!!!

e sobre estes Sapatos...recebi, tempo atrás, um power-point, com pinturas africanas e umas músicas muito bonitas. Gostei tanto que acabei por levar para os meus "besouros" do Tecnológico de Acção Social. E eles simplesmente ficaram rendidos a MIA COUTO.
Como todos nós, não é????

Bom resto de domingo!!!!
Bjkas!!!!

Filoxera disse...

Mia Couto, como disse há dias num comentário, é presença constante na blogosfera. Ainda bem.
Beijinhos.

Brancamar disse...

Gosto imenso destes sete sapatos sujos, já os conhecia, mas é uma doutrina que é sempre bom relembrar a cada passo.
E gosto muito de Mia Couto.
Bem hajas por o trazer aqui.
Beijinhos para ti e boa semana.

ADiniz disse...

Isamar Boa noite!

Acredito que Mai tenha escolhido 7 sapatos por ser um numero cabalístico, para usar um a cada dia da semana como uma forma de exercício, disciplina.
Mas independente de meu achismo é sempre bom relembrar e agir.

Adoro seu blog.
Ótima semana.

Graça Pires disse...

Concordo com os sete sapatos sujos que o Mia Couto nos mostra. Dá para fazermos uma reflexão...
Um beijo.

De Amor e de Terra disse...

Concordo, plenamente com o que deixou escrito o teu Amigo JPG.

E está tudo dito!

GOSTO muitíssimo dos livros de Mia Couto, que um dia, numa Escola da Maia, tive a felicidade de conhecer pessoalmente; e digo felicidade, não só por ser um Escritor com letra grande, mas também por ser duma grande delicadeza.

Beijos
Maria Mamede

Riscos e Rabiscos disse...

Não há graxa nem verniz que limpe estes 7 sapatos da sujeira em que se deixaram ficar...A limpeza vem de dentro, a mudança faz-se internamente, é um processo mental.
Deixo-lhe aqui um poema de Mia Couto, autor que gosto particularmente:

'Sotaque da Terra'
.
.
Estas pedras
sonham ser casa
.
sei
porque falo
a língua do chão
.
nascida
na véspera de mim
minha voz
ficou cativa do mundo,
pegada nas areias do Índico
.
agora,
ouço em mim
o sotaque da terra
.
e choro
com as pedras
a demora de subirem ao sol.

SILÊNCIO CULPADO disse...

Amiga

Estes são sete mandamentos para serem religiosamente cumpridos.
Porque os sete sapatos sujos nos deprimem e oprimem e porque a dignidade não se conquista com eles calçados.
Abraço (estás bem?)

Alexa disse...

Obrigado por trazer Mia Couto autor que amo no meu blogger também tenho um pequeno texodele do livro "Mar me Quer"
Mia couto escritor de eleição parabéns

aflores disse...

Já conhecia estes "sete sapatos sujos". Infelizmente, também já vi esses mesmos sapatos sujos, a correr net (em pps) completamente adulterados e não fazendo referência ao "autor". Na altura, chamei a atenção para o texto original e seu verdadeiro autor.
Este é, infelizmente, o lado negro da net, ou de quem a usa, de forma indevida e contra qualquer norma de boa educação, respeito e defesa dos direitos de autor.

Adorei, mais uma vez, passar por aqui.

Tudo de bom.

heretico disse...

cada qual compre o respectivo tapete. para limpar os sapatos...

gostei.

beijos

O cobrador disse...

Quanto custa para manter uma turma de PTralha no poder?
Chega de corrupção Brasil!
O dinheiro público sendo usado para sustentar a máquina podre do governo Lula.

“EU DIGO NÃO Á DILMA”

Com Lula, Presidência emprega 67 diretores e centenas de chefes um verdadeira farra de cabides de empregos.

Ao todo, são 1.750 servidores, volume tão grande que foi preciso ampliar restaurante e estacionamento

Fonte: Estadão

À semelhança do Congresso, o Palácio do Planalto é uma Casa com organograma inchado. Os salários podem não chegar às cifras do Legislativo, mas a Presidência criou no governo Luiz Inácio Lula da Silva uma série de funções para encaixar a militância. Na teia administrativa, há 67 diretores e uma centena de chefes. Só a Casa Civil, pasta comandada pela ministra Dilma Rousseff, conta com sete diretores, mesmo número da multinacional Vale do Rio Doce.

O setor que mais ganhou diretores foi o da Comunicação Social, do ministro Franklin Martins. Desde 2003, passou de 2 para 12 diretores, o dobro da Petrobrás. Há diretores de Patrocínios, Normas, Controle, Internet e Eventos, Comunicação da Área de Desenvolvimento, Mídia, Imprensa Internacional, Imprensa Nacional, Imprensa Regional, Produção e Divulgação de Imagens, Apoio Operacional e Administrativo e Comunicação da Área Social.

Foram criadas, ainda, mais oito Diretorias de Programa para as pastas de Relações Institucionais e Assuntos Estratégicos. Um diretor geralmente ocupa cargo comissionado com salário de R$ 8.988, o DAS-5, mas há variações, caso seja servidor ou não (ver quadro ao lado).

Ao todo, entre cargos de chefia ou postos subalternos, cerca de 1.750 pessoas trabalham na estrutura da Presidência. Os "chefes" estão em todos os departamentos, secretarias e escalões de poder.

O gabinete de Lula tem 13 deles, com salários de R$ 6.843,76 a R$ 11.179,36. Trabalham ali também chefes adjuntos de Agenda, Informações em Apoio à Decisão, Gestão e Atendimento, sem contar os tradicionais chefes de Cerimonial e Ajudância de Ordens. O mais poderoso de todos, porém, é Gilberto Carvalho, chefe do gabinete.

Já o organograma da Vice-Presidência, mais enxuto, lembra o de uma empresa. O vice José Alencar trabalha com sete chefes, que comandam as assessorias de Comunicação, Administração, Parlamentar, Técnica, Diplomática, Militar, além do Gabinete. Não há correligionários mineiros ou amigos.

GASTOS

O gasto anual com funcionários em toda a estrutura da Presidência deve passar de R$ 2,9 bilhões, em 2008, para R$ 3,4 bilhões, neste ano. Está incluído o gasto com pessoal das secretarias especiais de Direitos Humanos, Mulheres, Promoção Racial, Agência Brasileira de Inteligência (Abin), Advocacia-Geral da União (AGU) e Empresa Brasileira de Comunicação.

Os gastos com pessoal do gabinete de Lula, incluindo a Casa Civil, também devem aumentar. No ano passado, o valor gasto com os assessores mais diretos chegou a R$ 141 milhões. A previsão é gastar R$ 149 milhões neste ano. Desde janeiro, o pessoal do gabinete gerou uma despesa de R$ 25 milhões.

É tanta gente na Presidência que o próprio Lula chegou a se queixar que o Planalto ficou apertado demais. Foi preciso dobrar as instalações do restaurante e ampliar o número de vagas no estacionamento.

Procurados desde o dia 20 para esclarecimentos, os assessores da Casa Civil se limitaram a confirmar o total de diretores. Os assessores não informaram o que fazem nem quanto ganham. Apenas repassaram leis e decretos que regulamentam as funções e gratificações. Desde 2003, essas normas sofreram alterações para garantir a acomodação dos aliados.

Uma leitura parcial mostra que há mais de 50 chefes na Presidência. Técnicos estimam que o número passe de cem. Há ainda os subchefes, os subsecretários, os subcoordenadores e os secretários adjuntos.

lilás disse...

Gosto bastante de Mia Couto e curiosamente guardo já há tempos o
power-point "Sete sapatos sujos",é bom refletir sobre isso.

angelis disse...

Já conhecia estes "7 sapatos sujos", mas é sempre bom reler, relembrar. Gostei de conhecer este cantinho.

Adriana disse...

Realmente uma postagem muito interessante e inteligente.

Parabéns!

Limpemos pois os sapatos e os pés!

Fa menor disse...

Hoje em dia muitos sapatos se sujam...
limpeza, de muitos tipos, é o que mais falta por aí.

Gostei de ler.

Beijos

MPS disse...

Eu nem sei se quero a modernidade. A mim parece-me que nela não entraram os sapatos, apenas a sujidade.

Um grande abraço

jo ra tone disse...

Hoje em dia muitos sapatos se sujam...
limpeza, de muitos tipos, é o que mais falta por aí.
Beijo

elvira carvalho disse...

Já conhecia, mas as coisas boas devem ser reeleitas.
Um abraço