segunda-feira, 19 de janeiro de 2009

A Luta Continua!

"A greve é um direito dos trabalhadores reconhecido na Constituição e é irrenunciável.
A eles compete definir o âmbito dos interesses a defender."
Art. 57º da CRP


O decreto-lei que veio alterar o Estatuto da Carreira Docente dos Educadores de Infância e dos Professores dos Ensinos Básico e Secundário, bem como o Regime Jurídico da Formação Contínua de Professores, foi publicado em 19 de Janeiro de 2007 no Diário da República. Completam-se hoje os dois anos da sua publicação.
A este Estatuto , ao criar os cargos de professor titular e de professor não titular assim como o modelo de avaliação de desempenho existente, se devem as razões do descontentamento de milhares de professores que, hoje, mais uma vez por isso, estão em greve.
O que os professores em luta pretendem é a suspensão deste modelo de avaliação e a sua substituição por um outro mais justo e exequível cuja negociação deverá começar tão breve quanto possível e a renegociação do Estatuto da Carreira Docente . Tão simples quanto isto!
Mas, fixe-se, os milhares de professores que hoje protestam e que sempre desempenharam e desempenham com muito gosto e profissionalismo a transmissão do saber e a formação de cidadãos honestos, responsáveis, eficientes, não dispensam a avaliação. Mas noutros moldes!

38 comentários:

Isa disse...

Estou em Greve.
Mas deixo-te,no meu canto,um selinho para ti.
Com calma voltarei aqui.
Beijoo.
isa.

Cata-Vento disse...

Isa

Já somos duas! Vou a correr buscar o selinho e colocá-lo abrigado pelas pás do Cata-Vento.

Beijinhos


Bem-hajas!

elvira carvalho disse...

Estou convosco por solidariedade.
O selo já levei. Está lá no Sexta Amizade. Muito obrigada. Acabei de lhe enviar um email.
Um abraço e até logo

elvira carvalho disse...

AH! Desculpe eu sou mesmo obtusa. É outro? Por favor amiga, desculpe.
Um abraço e obrigada

gaivota disse...

minha querida amiga, espero que a vossa luta tenha sucesso, de uma vez por todas! é uma luta de todos,
do país alucinado em que vivemos...
agradeço o selo, do fundo do coração, faz de conta que está lá colocado no meu cantinho... não sei fazer essas "habilidades bloguistas"... um dia, talvez, se entretanto não me afastar mais...
obrigada pela tua amizade e carinho
bem-hajas
mil beijinhosssssss

anamarta disse...

Amiga
Estou solidária convosco!
Se todos lutassem pelos seus direitos como vocês professores têm feito, talvez este governo não se atrevesse a tomar as medidas que tem tomado contra os trabalhadores.
Desculpa a minha ausência do teu lindo cantinho, mas não me tenho sentido nada bem, a gripe atacou forte e feio!
Como hoje me sinto melhor venho aqui buscar os selinhos que aceito com muito carinho, e vou já colocar no meu blog.
Obrigada e beijinhos

Isa disse...

Sabes,quida(a tal palavrinha q.ñ é
erro ortográfico...mas ternura para pessoas especiais)tenho estado a encaminhar mails para amigos,colegas,mesmo sem serem Profs.Pediram-me e nada me custa fazê-lo.
Embora logo desmintam a adesão foi grande da parte da manhã.
Beijoo.
isa.

FERNANDA & POEMAS disse...

QUERIDA ISABEL, EMBORA NÃO SEJA PROFESSORA, SOU SOLIDÁRIA COM A LUTA MAIS QUE JUSTA DOS PROFESSORES, CONSIDERADA PELA CLASSE POLÍTICA COMO DE SEGUNDA CATEGORIA...UM ABRAÇO DE CARINHO E TERNURA,
FERNANDINHA

Cata-Vento disse...

Elvira

Bem-hajas, amiga! A união faz a força! Que assim continuemos!

Este selo é o 2º que te envio. Ambos vieram da Isa uma colega e amiga bloguista que , em boa hora, conheci.

Beijinhos

Cata-Vento disse...

Gaivotinha

A União faz a Força. Que assim continuemos!
Não penses em afastar-te da blogosfera. Fazes-nos falta. Que é isso, agora? A vida é como os elevadores. Força, Morgadinha!

Bjinhos muitos

Cata-Vento disse...

Anamarta

Estás desculpada, amiga. Sabia que tens estado com uma gripe das antigas. Desejo-te as melhoras. Quanto aos professores, a união faz a força e crer/querer é poder.

Mil beijinhos

Bem-hajas!

Cata-Vento disse...

Isa

A adesão aqui no Sul e em todo o país deve ser grande. Tenho visto/sentido muito descontentamento. Os professores não querem o modelo de avaliação simplificado para o ano de 2008/2009. Tu sabes mas eu digo mais uma vez, os professores querem a sua suspensão e a negociação de um outro mais justo e de fácil exequibilidade.

Beijinhos amiga

Cata-Vento disse...

Isa

Não me referi aos emails e por isso tenho de voltar.Pais, encarregados de educação, avós,a população em geral, todos precisam de ficar bem esclarecidos.Um bom tabalho, colega. Força!

Beijinhos

Cata-Vento disse...

Fernandinha

Obrigada, amiga!Os professores são os pilares essenciais da construção do futuro e já deram provas de que desempenham essa função com empenho e profissionalismo. E estão a ser avaliados todos os dias.

Beijinhos

Bem-hajas!

o escriba disse...

Cata-Vento

Hoje fiz greve e farei todas as que forem precisas contra a arrogência e a prepotência de quem se diz democrata e a favor do diálogo!

bjinhos
Esperança

(Obrigada pelo selinho dos afectos!)

Cata-Vento disse...

Escriba

Hoje a adesão foi grande tal como em Dezembro. Ainda desconheço as percentagens mas pelo que ouvi a classe continua mobilizada.
E isso é o que conta.

Força!

Bjinhos com esperança!

De Amor e de Terra disse...

Minha querida Amiga, venho agradecer-te, de todo o coração, o prémio com que me agraciaste. Como sabes, (já é velho) continuo sem perceber nadinha disto; por tal motivo, aceito e agradeço o prémio, mas deixo o selo; não sei como levá-lo.
Um dia destes, uma amiga há-de vir cá a casa para ver se eu aprendo.
Beijos, muitos da
Maria Mamede

vaandando disse...

... bem hajas , que não deixaste passar em claro !
Contra a prepotência sempre !
abraço
__________ JRmarto

Cata-Vento disse...

De amor e de Terra

Amiga, eu sei que os teus conhecimentos nesta área não te permitem a colocação do selo mas eu tenho todo o gosto em atribuir-to ainda que o não veja no teu blog.

Estás no meu coração.

Bem-hajas!

Cata-Vento disse...

vaandando

A luta continua!A união faz a força.

Bem-hajas!

Um abraço

Jorge P.G disse...

CLARO!

AGORA NãO HÁ CAMNHO PARA TRÁS NEM PARA O LADO.
EM FRENTE POR UM ENSINO QUE PREMEIE QUEM TRABALHA E QUEM ESTUDA.

Um abraço.

Tiago R Cardoso disse...

triste governo que atribui a culpa de tudo o que está mal no sistema aos professores. O que está mal é o próprio sistema.

Papoila disse...

Cata- Vento:
Estou solidária com a luta dos professores!
Grata pelos prémios que estarão no blog na postagem que se seguir!
Beijos

Goldfinger disse...

Amiga Cata-Vento

Já sabes o que penso sobre esta luta e estou solidário com os professores, logo estou solidário contigo.
Agradeço-te o selo e já se encontra colocado no meu "À BEIRA DO SOL".
És uma amiga muito especial.
Jinhos

Cata-Vento disse...

Jorge

"EM FRENTE POR UM ENSINO QUE PREMEIE QUEM TRABALHA E QUEM ESTUDA."

Faremos a marcha se preciso for.

Abraço

Cata-Vento disse...

Tiago R Cardoso

Infelizmente nem todos compreendem mas muitos são aqueles que não sendo professores estão ao seu lado nesta luta.
Vamos em frente!

Beijinhos

Bem hajas!

Cata-Vento disse...

Papoila

Bem-hajas, amiga! O descontentamento é muito grande. Queremos um sistema de avaliação que premeie quem trabalha e quem estude. A luta continua!

Beijinhos

Cata-Vento disse...

Goldfinger

Já lá vi o selinho, amigo. Bem-hajas!
Quanto aos professores, o descontentamento é quase geral. Queremos um modelo de avaliação que premeie todos quantos trabalham.
jinhos mil, doce Gold.

Brancamar disse...

Olá querida amiga,

Estou e sempre estive com a vossa luta. É urgente dignificar o ensino.
Desculpa vir só ao fim do dia dar-te o meu apoio e agradecer-te a tua oferta de amizade que muito gosto tenho em receber da tua mão, tu que és uma das maiores pedagogas dos afectos. Os meus horários não me permitiram chegar mais cedo, mas já tinha "espreitado" tudo durante o dia.
Um beijinho muito grande para ti.
Voltarei para rever e comentar o texto de Torga.
Até logo.
Beijinhos.
Branca

Cata-Vento disse...

Bem-hajas, grande amiga! Nós apenas exigimos um modelo de avaliação que premeie todos quantos trabalham. Fico satisfeita por saber que muitos não docentes, pais e educadores estão com os docentes em luta.

Beijinhos mil

lagartinha disse...

Só tenho uma coisa a dizer:
O nosso quase ex-primeiro ministro, devia levar umas boas palmadas no rabo e a Sô D.Lurdes merecia um chapadão na cara!
Por outro lado, toda esta luta, na minha opinião, tem sido muito mal explicada à população em geral...as pessoas ainda não entenderam nadinha do que se passa aqui...alguém por favor pode começar a explicar qual concretamente é a luta dos Professores? Tipo: "expliquem-me como se fosse muito burra..."
Eu cá, acho que percebo...tenho 3 filhos e a cultura deles começa a deixar muuuito a desejar...mas têm os 3 óptimos PROFESSORES, logo...
Bejocas

Filoxera disse...

Obrigada, amiga, pelo selo. Vou colocá-lo lá no Escrito a Quente.
Quanto aos professores, solidarizo-me.
Beijos.

Cata-Vento disse...

Lagartinha

Já vi que estás solidária com os professores e isso deixa-me satisfeita. Não seria fácil explicar-te aqui como se processa a avaliação do desempenho de um professor segundo este modelo ainda que simplificado. Assim não será também a sua exequibilidade se todos os professores se candidatarem a muito bom e excelente. Prometo voltar ao assunto com um post tão simplificado quanto possível de forma a perceberes o que se passa. Se os teus filhos têm óptimos professores e não têm tantos conhecimentos quanto desejavas pensa lá um bocadinho.
Bem-hajas, mãe/encarregada de educação pelos teus comentários.

Beijinhos

Cata-Vento disse...

Filoxera

Obrigada!

Bem-hajas, amiga!

Beijinhos

aflores disse...

Não sou contra a Greve, não sou contra a luta dos trabalhadores em geral e, estou certo (quero acreditar) que os Professores não são contra a avaliação.
Eu (não sou professor), sempre fui avaliado e conheço outros profissionais que o são constantemente. Só ainda não compreendi, afinal, qual é o modelo de avaliação que os Professores "QUEREM" ? Dois anos é muito tempo para se andar à cabeçada (salvo seja) com um Dec.Lei. Mas isso, também não me admira, pois a Revolução de Abril já foi (vai fazer este ano) há 35 anos e muito ainda está para fazer. A culpa?...acho que todos sabemos a quem apontar o dedo, mas, cuidado...cuidado que quando apontamos o dedo alguém ficamos com um a fazer de juiz e outros três virados para nós.
Acordei "filósofo", acho que é da chuva e do frio;)

Grande e fraterno abraço.

jo ra tone disse...

Os meus professores até aqui ainda não fizeram greve.São contratados para o CET Creio que se fizerem,não recebem, ou poderão ser penalizados.
Contudo estou solidário para com todos os que se manifestam contra a sra ministra e o modelo de avaliação.
Beijo

Cata-Vento disse...

aflores

Não conheço professores que não queiram ser avaliados. Os professores são avaliados, sempre foram avaliados no dia a dia, ano após ano e através da formação contínua ( realização de acções de carácter pedagógico-científico com a defesa de um trabalho final). O que os professores que fazem greve e manifestações querem é a negociação de um modelo de avaliação que seja mais justo, exequível, eficiente. Que premeie quem trabalha, quem prepara as suas aulas, quem tansmite o saber com gosto, profissionalismo e empenho. Esse modelo consegue-se, com certeza, através do diálogo de ambas as partes. A intolerância, a inflexibilidade, a pesporrência não conduzirão a uma decisão consensual. E são tantos os milhares de docentes descontentes!

Bem-hajas A. Flores

Beijinhos

Cata-Vento disse...

Jo ra tone

Desconheço se os teus professores são avaliados segundo este modelo mas creio que a situação que referes é diferente.No entanto, quem faz greve, não recebe o vencimento correspondente aos dias em greve.

Bem-hajas!

Beijinhos, João!