terça-feira, 21 de abril de 2009

Tanto Mar

Sei que estás em festa, pá
Fico contente
E enquanto estou ausente
Guarda um cravo p`ra mim

Eu queria estar na festa, pá
Com a tua gente
E colher pessoalmente
Uma flor do teu jardim

Sei que há léguas a nos separar
Tanto mar, tanto mar
Sei também que é preciso, pá
Navegar, navegar

Lá faz primavera, pá
Cá estou doente
Manda urgentemente
Algum cheirinho de alecrim

Chico Buarque

15 comentários:

elvira carvalho disse...

Gosto muito desta canção sabia? E o Chico vai estar em Portugal em Maio.
Um abraço

Avelaneira Florida disse...

Querida I.

e esta canção tantas vezes embalou os meus sonhos...

Bjkas!!!

Isa disse...

Tb.já guardei para postar breve.
Chico Buarque diz-me muito.
Beijo.
isa.

pinguim disse...

Tanta coisa nesta canção...
Beijinho.

Alexa disse...

Esta música de Chico Buarque cantei-a muito é linda .Tive o prazer de o ouvir cantar nas primeiras festas do Avante,onde se dava amor e liberdade em cada esquina.
Beijos

anamarta disse...

Gosto muito do Chico, e esta canção foi também ela um marco de Abril.
beijinhos para ti.


Ps: desculpa a ausência, depois explico.

ADiniz disse...

Grande Chico!

Com tanto sofrimento, o corpo senti a dor da saudade.
Então um chá de Alecrim trás Alegria e alivia aperto do peito.
Alquimias da cultura Afro, repassadas a humanidade.

Bjinhos e uma ótima quarta feira.

P.s. 22 de Abril é o Dia do Achamendo do Brasil, uma historia mal contada de dias muito. estranhos e difíceis.

O Guardião disse...

No mês da Liberdade é bom ler a letra do Chico.
Cumps

Fatima disse...

Gosto tanto deste poema!

http://www.simecqcultura.blogspot.com/

Ana disse...

"Manda urgentemente
Algum cheirinho de alecrim"

Nem Chico Buarque imaginaria como esse cheirinho ainda faz falta!
Um beijo , amiga.

lilás disse...

Linda esta canção, poema e música uma pequena delicia..
bjs

Isa disse...

Passei e deixo-te palavras de Amizade..
Beijo.
isa.



Turrinhas à tua Maria.A minha/nossa
ri,quer atenção,é muito meiguinha.
A quem sai???
ñ arranjo juízo,my God.

Andradarte disse...

Gosto deste poema, gosto dos poemas
gosto da ideia de festejar gloriosamente Abril.
Bonito.Obrigado.Parabéns.
Beijo

aflores disse...

O grito da Liberdade ainda hoje actual.
Espalhamos por esse mundo fora o nosso grito e "cheirinho" da Liberdade.
Há 35 anos atrás, estava a poucas horas de ver realizado um sonho:)

Papoila disse...

Querida Cta _Vento:
Grande escolha! Gosto muito desta canção do Chico Buarque.
Beijos